Zissou na Mídia

Equipotel: Colchão dentro da caixa é ingresso da Zissou no mercado de hotéis

A fabricante de colchões Zissou, representada pela Trussardi, garantiu seu ingresso no cenário da hotelaria nacional com um produto realmente diferente. Para alcançar o nicho dos hotéis usou um modelo conhecido nos Estados unidos, o "bed in the box" (cama dentro da caixa), com colchões tamanho padrão armazenados em caixas com pouco mais de um metro de altura e 40 centímetros de largura. O artigo tem o transporte e armazenamento como maiores trunfos para os compradores. E quem viu vantagem no produto foi a rede Fasano. A empresa adquiriu peças para as unidades em Angra dos Reis e Belo Horizonte.

Como marcas nativas digitais conquistam clientes no mundo físico

Amit Eisler, fundador e CEO da Zissou, esteve no evento Audaz da StartSe nesta quinta-feira (6). Ele contou como a Zissou trabalha para conquistar os clientes no mundo físico – principalmente para uma startup que vende colchões e outros produtos para o sono.

Zissou entrega colchões em até 60 minutos

Baseada no conceito americano DNVB – Digitally Native Vertical Brands (Marcas verticais nativamente digitais), a Zissou, empresa especializada em sono, está no Latam Retail Show para comprovar como a tecnologia tem removido intermediários no varejo e possibilitando ações diretas aos consumidores. Para isso, a empresa oferece um desafio aos clientes: quem comprar um colchão no estande da marca, o receberá antes de sair do evento.

Empresários mudam o rumo de suas vidas profissionais para trabalhar com um propósito forte

Mais qualidade de vida. Era isso que faltava para Ilan Vasserman, administrador paulistano que trabalhava de madrugada no mercado financeiro. E não só para ele. O amigo e também administrador, Amit Eisler, e o engenheiro Andreas Burmeister atuavam numa multinacional chinesa e tinham que lidar diariamente com a correria do fuso-horário. Ambas as rotinas resultavam em noites mal dormidas e no comprometimento do desempenho. “Nos sentíamos cansados e isso foi o primeiro mote para mudarmos de área e investirmos em algo que passamos a dar valor: o sono”, afirma Vasserman.

Pensar fora da caixinha traz ótimos resultados

Para converter um produto em vendas é necessário que a qualidade e competência ultrapasse a produção. Não adianta ter o melhor se ninguém souber disso, portanto a maneira como a empresa se comunica com os clientes é determinante para o sucesso. Um exemplo de empresa do setor que vem pensando ‘’fora da caixinha’’ é a Zissou, startup com sede em São Paulo, que vem crescendo em média 20% ao mês em faturamento.

« Anterior 1 2 3 4 5 9 Próximo »